“CABÍRIA: PRÊMIO DE ROTEIRO” ABRE INSCRIÇÕES PARA SUA SEXTA EDIÇÃO

Cabíria Prêmio de Roteiro está com inscrições abertas até o dia 15 de junho através do site www.cabiria.com.br O sexto ano da iniciativa, destinada a celebrar e incentivar o protagonismo de mulheres no audiovisual, traz como novidade a ampliação da categoria série documental contemplando outros “formatos de não-ficção. São quatro categorias: “roteiro do piloto de não-ficção”, “roteiro de longa de ficção”, “argumento de longa de ficção infantojuvenil” e “roteiro do piloto de série de ficção”. Os roteiros e argumentos inscritos precisam ter ao menos uma protagonista feminina e ser de autoria de roteiristas mulheres, podendo ser em coautoria com pessoa(s) de outra(s) identidade(s) de gênero. A temática é livre.

A cerimônia de premiação, desde 2019, integra as atividades do Cabíria Festival – Mulheres & Audiovisual. Com a terceira edição confirmada, o evento será realizado entre 06 e 17 de outubro e, pelo segundo ano, em formato online.

A premiação principal para todas as categorias é o Cabíria LAB. Criado em 2020, o laboratório de desenvolvimento, que também será realizado em formato online, reúne consultorias e mentorias de especialistas com o objetivo de impulsionar as carreiras das roteiristas e de seus projetos. Pelo terceiro ano consecutivo, a primeira colocada da categoria longa-metragem de ficção também passará a integrar a rede de talentos do Projeto Paradiso, instituição que investe em formação profissional e geração de conhecimento.

“Para o Projeto Paradiso, é uma alegria estar mais um ano ao lado do Cabíria, apoiando a realização do Cabíria Lab. As roteiristas que premiamos nas edições anteriores estão desenvolvendo projetos ricos, que estamos orgulhosos de acompanhar. Estamos animados para conhecer os novos roteiros e talentos que vão despontar neste ano”, afirma Josephine Bourgois, diretora executiva do Projeto Paradiso, iniciativa filantrópica de apoio ao audiovisual do Instituto Olga Rabinovich.

Outra novidade desta edição é a parceria com a ABRA – Associação Brasileira de Roteiristas e Autores – que premiará uma roteirista finalista de mais de 40 anos, com uma mentoria com a roteirista e diretora Sylvia Palma, experiente em narrativas ficcionais e não ficcionais.   

“Para a Abra, a existência de festivais como o Cabíria é de extrema importância, pois num cenário audiovisual onde as mulheres ocupam apenas 20% das telas, se torna urgente e necessário apoiar um festival que promove a visibilidade do protagonismo feminino, que estimula a pluralidade de vozes na autoria feminina, assim como em toda a cadeia criativa, seja na frente ou trás das câmeras. Vida longa à parceria Abra e Cabíria”, comemora Eli Ramos, diretora de comunicação da Abra.

Também serão oferecidas mentorias com Paula Knudsen e Patrícia Corso para dois projetos finalistas da categoria de série de ficção. Paula Knudsen foi indicada duas vezes ao Emmy Internacional, tem passagem pela Netflix, Nickelodeon, Bandeirantes e Amazon Prime onde assina a criação da série “Sentença”, em fase de produção. Já Patrícia Corso é roteirista com vasta experiência em cinema e TV, assina roteiros como do longa “Minha vida em Marte” (Susana Garcia, 2018) e da série “Coisa Mais Linda” (Netflix, 2019-20).

Para os primeiros colocados das categorias de série de ficção e não-ficção serão oferecidas premiações em dinheiro no valor de mil reais. Premiações paralelas como credenciais de eventos, gratuidades e/ou descontos em cursos também estão previstas.

Desde 2015, o Cabíria Prêmio de Roteiro vem se consolidando como um espaço de fortalecimento à presença de mulheres e temáticas de diversidade nas narrativas audiovisuais. Em 2021, comemora a estreia de três filmes cujos roteiros passaram pela premiação. São eles: “A nuvem rosa”, de Iuli Gerbase, aclamado em sua estreia no Festival de Sundance, em janeiro; “A mesma parte de um homem”, de Ana Johann, vencedora do Prêmio Helena Ignez – destaque feminino pelo Júri Oficial da 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes e “A felicidade das coisas”, de Thais Fujinaga, com estreia confirmada no Festival de Rotterdam – IFFR, em junho.

“Como são muitos séculos de uma cultura patriarcal perpetuados no corpo da mulher, era natural que algumas não questionassem seus papéis e muito menos questionassem o papel de suas protagonistas nos roteiros que estavam escrevendo. Acredito que enquanto roteirista e diretora posso tanto interpretar a realidade como subvertê-la, trazendo universos possíveis e inventividade. Neste sentido, a seleção de “A mesma parte de um homem”, escrito em conjunto com Alana Rodrigues, no Cabíria Prêmio de Roteiro, nos deu a certeza de que estávamos na direção certa de construir uma grande protagonista, que não estávamos apenas representando a cultura, mas questionando-a”, declara a diretora Ana Johann.

Para tirar dúvidas e estimular as inscrições, será realizada uma série de lives acerca de cada categoria. Já estão confirmadas as seguintes: dia 06 de maio – Renata Mizrahi, dramaturga e roteirista, finalista da categoria argumento de longa infantojuvenil, em 2020. Dia 14 de maio – Ana do Carmo, vencedora em primeiro lugar da categoria de longa de ficção em 2020. Dia 21 de maio – Ana Abreu, roteirista especializada em projetos de não-ficção, que trabalhou em séries de TV como “Mestre do Sabor”, “Fazendo a Festa”, “Eu sou Assim” (GNT, indicada ao Emmy Internacional na categoria melhor série documental). Dia 28 de maio – Alice Marcone, no universo das narrativas de séries ficcionais, a convidada é a roteirista, atriz e cantora que roteirizou as séries “Noturnos” (Canal Brasil) e “Setembro” (Amazon Prime Video); foi colaboradora de roteiro de “Todxs Nós” (HBO) e da inédita “Manhãs de Setembro”, que estreia em junho na Amazon Prime.  Mais informações sobre as lives podem ser encontradas nas redes sociais oficiais do @cabíria_festival no instagram e no facebook

Para as inscrições até 15 de maio, a taxa terá valor promocional de R$65. De 16 de maio a 15 de junho será cobrada a tarifa regular de R$90. Roteiristas mulheres PcD, negras, indígenas e pessoas trans poderão requisitar gratuidade nas inscrições, mediante formulário simplificado de autodeclaração, conforme regulamento.

Cabíria Prêmio de Roteiro conta com o apoio da Embaixada da França, Goethe Institut Rio de Janeiro, Projeto Paradiso, ABRA, Videocamp e Imprensa Mahon. Outras parcerias estão em confirmação.

Sobre o Prêmio Cabíria

Idealizado pela roteirista Marília Nogueira sob o lema “Por mais mulheres nas telas e atrás das câmeras”, o Prêmio Cabíria foi lançado em 2015. Seu nome resgata uma célebre personagem de Federico Fellini no filme “Noites de Cabíria”, eternizada pela atriz Giulietta Masina. Sua criação colocou em pauta três objetivos principais: estimular roteiristas a criarem histórias com protagonistas mulheres relevantes, diversas e inspiradoras; converter o prêmio em um selo de qualidade para os projetos premiados, visando a ampliação das suas chances de encontrar financiamento e chegar às telas; e contribuir para o aumento de oportunidade e visibilidade a roteiristas mulheres. Em suas cinco edições (2016-2020), o prêmio recebeu inscrições de cerca de 700 roteiros protagonizados por mulheres.

Siga nas redes: instagram.com/cabiria_festival | facebook.com/cabiriafestival

Laranjeiras Filmes

Foco na produção criativa de conteúdos originais e projetos audiovisuais que conciliem excelência estética, impacto social e potencial de comunicação. Com sede no Rio de Janeiro, aberta para o mundo, a produtora, sob as perspectivas de renovação de processos produtivos e no impulsionamento de novas vozes, se organiza em dois núcleos: a Laranjeiras Filmes atende demandas de perfil executivo, consultivo e gerencial de projetos, enquanto o selo Fruto Conteúdo é direcionado para o desenvolvimento criativo e estratégico de conteúdo para todas as mídias e telas. Acredita nos potenciais transformadores da soma de experiências plurais e do trabalho colaborativo para a realização de projetos relevantes, diversos e inspiradores. www.laranjeirasfilmes.com

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

Mudança de planos! "Viúva Negra" ficará disponível para todos os assinantes do Disney+ em 6 de outubro (anteriormente a data era 27 de agosto). Com o Premier Access, a data segue em 9 de julho.

Primeira foto do elenco do revival de #SexAndTheCity:

Novo pôster de #SpaceJam: Um Novo Legado:

"Monstros no Trabalho", nova série do #DisneyPlus que dá sequência aos acontecimentos de "Monstros S.A." estreará em 7 de julho, e terá novos episódios toda quarta-feira. (Assim como "Loki")

Três coisas que você precisa saber sobre "Luca", da Pixar:
1. É um dos melhores filmes do estúdio, talvez o melhor;
2. Tem uma cena pós-créditos;
3. Estreia dia 18 de junho, no Disney+, sem custo adicional.

#PixarLuca é um filme maravilhoso. Esse é o tweet. (Crítica em breve no site)