CRUEL SUMMER ESTREIA EXCLUSIVAMENTE NO AMAZON PRIME VIDEO EM AGOSTO

O Amazon Prime Video anuncia hoje que Cruel Summer, série do estúdio independente Entertainment One (eOne) ao lado da Iron Ocean Productions, está com seu lançamento global marcado para 6 de agosto exclusivamente no Prime Video, excluindo os Estados Unidos e Canadá. O thriller psicológico Original Amazon terá dez episódios, com produção executiva de Jessica Biel e Michelle Purple (The Sinner), com o criador e produtor executivo Bert V. Royal (A Mentira), e a showrunner e produtora executiva Tia Napolitano (Grey’s Anatomy).

Cruel Summer é uma série pouco convencional que se passa ao longo de três verões nos anos 90, quando uma adolescente bonita e popular desaparece, e uma garota aparentemente sem relação alguma se transforma de meiga e um pouco estranha na menina mais popular da cidade, eventualmente se tornando a pessoa mais desprezada na América. Cada episódio é contado a partir de pontos de vista alternados.

A série é estrelada por Olivia Holt, Chiara Aurelia, Michael Landes, Froy Gutierrez, Harley Quinn Smith, Allius Barnes, Blake Lee, Brooklyn Sudano e Sarah Drew. Max Winkler dirigiu e foi produtor executivo do piloto.

Seja Prime! Assine aqui: https://amzn.to/3unb9y3

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

Mudança de planos! "Viúva Negra" ficará disponível para todos os assinantes do Disney+ em 6 de outubro (anteriormente a data era 27 de agosto). Com o Premier Access, a data segue em 9 de julho.

Primeira foto do elenco do revival de #SexAndTheCity:

Novo pôster de #SpaceJam: Um Novo Legado:

"Monstros no Trabalho", nova série do #DisneyPlus que dá sequência aos acontecimentos de "Monstros S.A." estreará em 7 de julho, e terá novos episódios toda quarta-feira. (Assim como "Loki")

Três coisas que você precisa saber sobre "Luca", da Pixar:
1. É um dos melhores filmes do estúdio, talvez o melhor;
2. Tem uma cena pós-créditos;
3. Estreia dia 18 de junho, no Disney+, sem custo adicional.

#PixarLuca é um filme maravilhoso. Esse é o tweet. (Crítica em breve no site)