[et_pb_section admin_label=”section” background_image=”http://supercinemaup.com/wp-content/uploads/2017/01/carros-3-disney-pixar-pipoca-de-pimenta.jpg” transparent_background=”off” allow_player_pause=”off” inner_shadow=”off” parallax=”on” parallax_method=”off” make_fullwidth=”off” use_custom_width=”off” width_unit=”on” make_equal=”off” use_custom_gutter=”off”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”1_2″][et_pb_image admin_label=”Imagem” src=”http://supercinemaup.com/wp-content/uploads/2017/04/carros3-02.jpg” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”left” sticky=”off” align=”left” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” custom_margin=”|10px||”] [/et_pb_image][/et_pb_column][et_pb_column type=”1_2″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”justified” background_color=”rgba(234,234,234,0.6)” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” custom_padding=”10px|10px|10px|10px”]

Estreia hoje em circuito nacional a terceira parte de “Carros” da Disney/Pixar. Mais uma vez, o filme aparenta ser voltado ao público adulto, com piadas que dificilmente crianças entenderiam e numa sala repleta de pimpolhos e seus responsáveis lhes acompanhando, é possível que eles perguntem ”Do que estão rindo?”. Óbvio que como de costume, a Disney consegue atrair as crianças em seus filmes de animação com coloridos e ângulos que são muito bem editados. Nem isso tornou “Carros 3” atrativo, por ser pior que o segundo filme. Mesmo com a trama lenta e sem entusiasmo, seus personagens continuam carismáticos (mesmo com a pouquíssima aparição de alguns como o querido Tom Mate).

Dirigido por Brian Fee (dirigiu também “Carros 2”), o filme transmite lições de vida (que a Disney sempre fez questão de passar) com temas batidos, porém, interessantes mas que não oferece mais que isso. O roteiro de Kiel MurrayBob Peterson e Mike Rich, propõe alguns momentos até empolgantes, mas por ser arrastada para uma animação, torna-o um pouco fastidioso. “Carros 3″ tem muita engrenagem e combustível o suficiente, mas lhe falta o principal: o pique.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”justified” background_color=”rgba(234,234,234,0.6)” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” custom_padding=”10px|10px|10px|10px”]

Assim como o primeiro filme, a animação começa com uma corrida com o herói (da franquia) Relâmpago McQueen que está prestes a alcançar a linha de chegada e conquistar o primeiro lugar. Relâmpago sofre um acidente causado por Jackson Storm, um carro novato e cheio de energia. Após uma breve recuperação, McQueen consegue um novo patrocínio e é treinado pelo carro feminino Cruz Ramirez. Relâmpago se sente muito velho para disputar mais uma corrida e se depara com uma crise existencial. É Cruz quem o estimula e fala sobre frustração de ter abandonado o sonho de ser piloto por medo.

Com essa história pouco atrativa, “Carros 3” não apresenta nada novo, bem como deixa a desejar, pois é muita rotina para pouca ação, que decepciona aqueles que esperam corridas, boas sequências e o mesmo fôlego de “Carros’. Talvez, numa tentativa de emblemar uma personagem feminina e num filme infantil, onde num esporte voltado ao público masculino o carro amarelo Cruz divide um espaço de heroísmo e, ao mesmo tempo, empodera o feminismo. A ideia até funcionaria, mas infelizmente ela não se propôs a ser bem executada.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][et_pb_row admin_label=”Linha”][et_pb_column type=”1_2″][et_pb_image admin_label=”Imagem” src=”http://supercinemaup.com/wp-content/uploads/2017/07/carros-3-super-cinema-up-crítica-4.jpg” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” animation=”left” sticky=”off” align=”left” force_fullwidth=”off” always_center_on_mobile=”on” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” custom_margin=”|10px||”] [/et_pb_image][/et_pb_column][et_pb_column type=”1_2″][et_pb_text admin_label=”Texto” background_layout=”light” text_orientation=”justified” background_color=”rgba(234,234,234,0.6)” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” custom_padding=”10px|10px|10px|10px”]

Quando se fala nos estúdios Disney/Pixar, não nos vem a cabeça a saga de “Carros”, que não é referência, mas mesmo assim, seria bem mais viável se deixasse os carros falantes apenas no primeiro filme. Aconteceu com DreamWorks Animation quando decidiu fazer sequências de Shrek”, “Rio”, “Madagascar” e “Como Treinar Seu Dragão” que também tornaram-se franquias desnecessárias. No caso, como a Disney é sinônimo de diversão e tem a opção de criar histórias aos seus moldes, fazer continuações é como se fosse uma espécie de saída para se salvar de alguma falência e “Carros 3″ não teria como tirá-lo de uma enrascada se fosse o caso.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

CEO da WarnerMedia Studios, Ann Sarnoff, sobre #Duna Parte Dois: “Se nós teremos uma sequência? Se você assistiu ao filme, eu acho que você sabe a resposta".

#Duna tem qualidade suficiente para agradar diferentes espectadores, porque é um filme lindo visualmente e super detalhado, bem cara do diretor Denis Villeneuve.

Temos um título! A sequência de "Homem-Aranha no Aranhaverso" recebeu o título "Homem-Aranha através do Aranhaverso", em tradução livre.

"Gavião Arqueiro" estreará com 2 episódios em 24 de novembro, no Disney+.

Will Poulter, de "Família do Bagulho" e "Maze Runner" foi escalado para interpretar Adam Warlock em Guardiões da Galáxia Vol. 3

2

É possível crescer sem deixar de ser criança! Eis o cartaz oficial de #TurmaDaMônicaOFilme - Lições. Com @giuliabenite, @kevin_vechiatoo, @gabriel_mmoreira, @laurarauseo e direção de @danirez, o filme mais esperado das férias chega aos cinemas dia 30 de dezembro! #VemLições