81 copy

O ator Heath Ledger foi cotado para participar do filme, e chegou à negociar, porém decidiu abrir mão da proposta para descansar.

“Onde Os Fracos Não Têm Vez” é uma adaptação do livro de mesmo nome do escritor norte-americano Cormac McCarthy. O longa gerou polêmica por causa dos seus minutos finais, onde muitos espectadores não entenderam a forma como o filme acabou. Isso acontece pois os espectadores assistem o filme esperando o comum, e uma coisa que o filme dos irmãos Coen não é, é comum, além disso, a compreensão do que acontece em seus últimos minutos depende da atenção que se dá durante detalhes ao longo do filme. A esmagadora maioria dos espectadores assiste ao filme com a certeza de que Moss e Chigurh são os personagens principais, numa história que se trata apenas da briga entre o vilão e o mocinho, mas é nesse momento que os irmãos Coen conseguem ser impecáveis. A grande verdade é que a história tem como o seu principal personagem o xerife Tom Bell, interpretado por Tommy Lee Jones. A dificuldade da compreensão apresentada nesses minutos que antecedem os créditos do filme foi criada, também, pela forma errônea de como a tradução do título original foi feita. Originalmente, “No Country For Old Men” é o título do longa, a tradução foi feita e, no Brasil, o filme recebeu o título “Onde Os Fracos Não Têm Vez”, comprometendo um melhor entendimento dos espectadores, afinal, o título original já nos dá uma boa dica quando expõe a expressão “Old Men”.  O xerife acompanha o que acontece entre Moss e Chigurh, mas se mostra sempre cansado. Nos minutos finais, ele nos mostra entender que não se sente mais inserido em um mundo que se degrada tão rapidamente.

Ao Oscar de 2008, “Onde Os Fracos Não Têm Vez” foi indicado às categorias de Melhor Fotografia, Melhor Edição, Melhor Som e Melhor Edição de Som. Ganhou nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor com Joel Coen e Ethan Coen, Melhor Ator Coadjuvante com Javier Bardem e Melhor Roteiro Adaptado.

Ao Globo De Ouro de 2008, o longa foi indicado à categoria de Melhor Filme do gênero Drama e os irmãos Coen à categoria de Melhor Diretor. Foi vencedor na categoria Melhor Roteiro e Javier Bardem venceu a categoria de Melhor Ator Coadjuvante.

Ao BAFTA de 2008, o filme foi indicado às categorias de Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor som e Melhor Edição. Tommy Lee Jones foi indicado à categoria de Melhor Ator Coadjuvante e Kelly Macdonald à de Melhor Atriz Coadjuvante. Os irmãos Coen ganharam na categoria de Melhor Diretor, Javier Bardem na categoria de Melhor Ator Coadjuvante e o longa recebeu o prêmio de Melhor Fotografia.

“Onde Os Fracos Não Têm Vez” não é um filme para todos, é necessário manter o foco no longa durante todos minutos que pertencem à ele, além disso, o espectador precisa se sentir dentro da história, tentando compreender ao máximo o psicológico dos personagens. É um filme para amantes de um cinema de qualidade.

One thought on “Onde Os Fracos Não Têm Vez

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

#Duna tem qualidade suficiente para agradar diferentes espectadores, porque é um filme lindo visualmente e super detalhado, bem cara do diretor Denis Villeneuve.

Temos um título! A sequência de "Homem-Aranha no Aranhaverso" recebeu o título "Homem-Aranha através do Aranhaverso", em tradução livre.

"Gavião Arqueiro" estreará com 2 episódios em 24 de novembro, no Disney+.

Will Poulter, de "Família do Bagulho" e "Maze Runner" foi escalado para interpretar Adam Warlock em Guardiões da Galáxia Vol. 3

2

É possível crescer sem deixar de ser criança! Eis o cartaz oficial de #TurmaDaMônicaOFilme - Lições. Com @giuliabenite, @kevin_vechiatoo, @gabriel_mmoreira, @laurarauseo e direção de @danirez, o filme mais esperado das férias chega aos cinemas dia 30 de dezembro! #VemLições

Primeira imagem de Timothée Chalamet como Willy Wonka no próximo filme que narra os acontecimentos antes da fábrica: