Ridley Scott mostra interesse em fazer mais alguns filmes da franquia “Alien”

Em uma entrevista ao Entertainment Weekly, Ridley Scott afirma que “Alien: Covenant” não será o último da franquia.

“’Alien vs. Predador‘ prejudicou a franquia. Eu pensei nisso por um tempo e pensei: ‘Eu posso trazê-la de volta’. E aqui está o resultado: nós a ressuscitamos com ‘Prometheus‘, que surgiu com duas boas perguntas que nenhum dos outros filmes fez: Quem criou os aliens e por quê? ‘Prometheus‘ estabeleceu isso. ‘Alien: Covenant‘ vai responder ‘quem e por que’, e deixará todos os tipos de perguntas para os próximos dois, três, ou quatro filmes. ‘Alien: Covenant 2‘ já está sendo escrito neste exato momento em que eu estou falando”, afirmou Scott.

Foi então perguntado se havia o interesse de se formar uma nova quadrilogia de “Alien“, preludiando o filme 1979, e a resposta dada por Scott foi: “Nunca se sabe. Veremos como este filme vai se sair. Existe muito potencial nele. Não é apenas o que você pode esperar. Há várias questões interessantes e fascinantes sobre criação, quem somos, e de onde viemos. À medida que você desenvolve algo e faz algo, todos os tipos de conceitos evoluem”.

Alien: Covenant” é sequência direta de “Prometheus” e prequel de “Alien: O Oitavo Passageiro“, sua estréia está prevista para o dia 11 de maio no Brasil, oito dias antes da estréia norte-americana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

Novas imagens de #WhatIf foram divulgadas. Confira:

4

Comédia canibal? Anya Taylor-Joy e Nicholas Hoult devem estrelar o filme de humor negro "THE MENU". Na trama, um casal visita um exclusivo restaurante em uma ilha remota, com algumas surpresas.

2

Uma série baseada no filme #Waterworld, com Kevin Costner, está em desenvolvimento.

Segundo a @Variety, Scarlett Johansson está processando a Disney pelo lançamento de "Viúva Negra" no Disney+. A ação representa uma quebra de contrato da atriz, que definia um percentual de ganhos baseado em um lançamento exclusivo nos cinemas.

A plataforma StarzPlay conseguiu barrar na justiça o uso do nome #StarPlus para o novo serviço da Disney de conteúdo adulto. Caso correrá na próxima instância, mas não se sabe se será a tempo do lançamento da plataforma em agosto.

A #Netflix está desenvolvendo uma série live-action de Pokémon.