Nós somos amantes do cinema, assim como o leitor certamente é, e às vezes nos deparamos com filmes que sabemos que são ruins, mas mesmo assim adoramos assistir. Os filmes tem falhas grotescas, roteiros absurdos e preconceituosos, atores que você não acredita como conseguiram o papel, ou atores consagrados que você não entende o que estão fazendo ali. Apesar de tudo eles proporcionam divertimento, alegria e fazem parte da nossa paixão pelo cinema. Veja uma lista de 5 filmes bregas e constrangedores do nosso coração:

Independence Day

O filme de ficção científica pastelão do diretor Rolland Emerich, Independence Day (1996), tem todos os atributos para abrir esta lista. Um roteiro absurdo onde alienígenas invadem os EUA com naves espaciais do tamanho de cidades e detonam a Casa Branca e o Empire State Building, em Nova Iorque, com lasers. Após os ET´s resistirem a ataques de bombas nucleares, o presidente americano interpretado (Bill Pullman) se junta a um piloto do exército (Will Smith) e destroem os extra-terrestres a bordo de caças americanos. O filme ainda conta com piadas sem graça e atuações vergonhosas, mas foi um clássico da época que acabou rendendo agora em 2016, 20 anos após seu lançamento, a sequência Independence Day: O Ressurgimento, em cartaz nos cinemas.

BILL

Machete

Com um elenco estelar que vai desde Robert De Niro, Steven Seagal, Lindsay Lohan, Jessica Alba e Michelle Rodriguez, o filme do diretor Robert Rodiguez de 2010 conta a história de Machete Cortez (Danny Trejo), um ex-agente federal mexicano traido pelo seu chefe e que deseja vingar a morte de sua esposa e filha. Além dos vários esteriótipos culturais, o filme tem um excesso de referências machistas e um número impressionante de mortos, mas a banalização da violência é característica do diretor, amigo pessoal e parceiro profissional de Quentin Tarantino. Apesar dos excessos, Machete é um filme divertidíssimo para adolescentes e amantes de comédias de ação, não por acaso o irmão de Machete é interpretado por Cheech Marin, de Cheech & Chong.

 

MACHETE

Labirinto

Labirinto – A magia do tempo (1986) é um filme de fantasia dirigido por Jim Henson, em conjunção com George Lucas, e teve seu sucesso consolidado de acordo que os anos foram passando, porque na época foi um fracasso de bilheteria. O filme tem como estrela o músico David Bowie, que compôs e cantou várias canções para o filme, além de atuar como um dos personagens principais. A história é meio constrangedora, além de possuir vários erros de continuação nas imagens. Os efeitos especiais do filme são muito pobres o que acaba dando um ar engraçado para o filme, nostálgico. Mas foi essa mesma aparência que conquistou muitos fãs das gerações passadas, especialmente no Brasil, após passar inúmeras vezes na Sessão da Tarde do SBT.

 

Labirinto

O Pentelho

A comédia de humor negro dirigida por Ben Stiller, O Pentelho (1996), ficou famosa pelo fato de Jim Carrey ter recebido pagamento de 20 milhões de dólares para estrelar o papel principal, até então a mais alta quantia paga a um ator de comédia. O elenco ainda conta com Matthew Broderick, Leslie Mann, Jack Black, Owen Wilson e Andy Dick, mais do que o suficiente para conseguir rir à vontade em um filme que o roteiro não colabora em nada com o espectador. As piadas são ridículas, escrachadas, com personagens assustadores e situações muito constrangedoras, mas o desempenho dos atores é hilário e a direção de Stiller faz toda a diferença para compensar a história. O filme é também conhecido por ser o primeiro trabalho de Judd Apatow como produtor de cinema, ele que viria a ser um dos maiores nomes da comédia atualmente.

 

PENTELHO

Fuga para a Vitória

Esse filme deve ser uma das maiores incógnitas da história do cinema até hoje. Fuga para a Vitória (1982), é um filme de John Huston e além de ter um dos roteiros mais absurdos possíveis, o filme conta com o elenco mais improvável de todos os tempos: Michael Caine, Max Von Sydow, Sylvester Stallone e Pelé! Sim, Pelé, o atleta do século.

A história se passa na Segunda Guerra Mundial, em um campo de concentração alemão. Um major nazista, que no passado havia sido jogador da seleção alemã de futebol, tem a ideia de fazer um jogo entre a Alemanha e uma seleção composta pelos prisioneiros aliados, liderados pelo capitão John Colby (Michael Caine), um militar inglês e ex-jogador de futebol. Colby tem a tarefa de selecionar e treinar o time para enfrentar os alemães no Estádio Colombes, próximo à Paris. Enquanto os nazistas planejam fazer de tudo para vencer o jogo e usar a vitória como propaganda de guerra, os jogadores aliados planejam uma arriscada fuga durante o intervalo da partida e contam com o talento inconfundível de Pelé, um refugiado de Trinidad & Tobago, para enganar os nazistas. O time ainda possui Sylvester Stallone no gol, um dos papéis mais inusitados da história da tela prateada.

FUGA 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

Tweets de @DanielRPK, um jornalista reconhecido pela sua assertividade em vazamentos sobre blockbusters, dão a entender que #HomemAranhaSemVoltaParaCasa pode ser adiado caso a situação da pandemia de #COVID19 não melhore nos EUA e no mundo.

Segundo rumores, o seriado #Hawkeye estreará em novembro e terá fortes conexões com #HomemAranhaSemVoltaParaCasa. Ambas produções se passam em uma época natalina, o que podemos esperar?

2

De acordo com o @Collider, #MichaelBJordan está desenvolvendo um projeto da versão negra do #Superman para a HBO Max. Possivelmente, o astro também irá estrelar a produção.

Uma possível sequência de #JungleCruise já está em pauta entre os executivos da Disney.

Lashana Lynch (Maria Rambeau), voltará em #TheMarvels apesar de sua morte em #WandaVision.

Leslie Grace foi escalada para viver a Batgirl no filme solo da heroína para a HBO Max.