A triste vida dos filmes de terror psicológico

Nos últimos tempos foram lançados alguns blockbusters de terror como ‘Invocação do Mal’, ‘Annabelle’, ‘Ouija’, ‘Quando as Luzes se Apagam’ e ‘A Forca’. O marketing dele é fenomenal, e na maioria das vezes é melhor que o próprio filme. Todos foram um sucesso de público graças a grande quantidade de sustos que eles proporcionam. Esse tipo de preferência é o que acaba prejudicando produções que prezam pelo roteiro e pelo desenvolvimento do filme. O que podemos chamar de ‘terror psicológico’.

A grande sacada do terror psicológico é criar um ambiente onde a pessoa fique vulnerável. A situação acaba agredindo mais a mente do que o corpo dos personagens e consequentemente o público também acaba sendo ‘torturado’. Contudo, para que um filme assim dê certo ele precisa ser muito bem elaborado e ter vilões deveras assustadores.

Existe uma linha tênue que separa o terror psicológico do suspense. Longas como ‘Psicose’ (Hitchcock), ‘O Iluminado’ (Kubrick) e ‘O Silêncio dos Inocentes’ (Demme) são na maioria das vezes considerados como clássicos do suspense e também do terror psicológico. Todos gostam desses filmes, mas não os consideram como terror. Isso abre brechas para que filmes horríveis se tornem cada vez mais frequentes. O que é uma pena, pois os velhos fãs do gênero terão de enfrentar isso e os novos fãs ficarão mal acostumados.

Há dois excelentes filmes que podemos aqui citar que foram mal vistos pelo público: ‘Babadook’ e ‘A Bruxa’. Ambos os filmes são profundos e tem mensagens muito bem elaboradas. Não são películas que se concentram em assustar, muito pelo contrário, elas dão uma história envolvente e muito interessante. Embora ambos tenham muita qualidade, foram massacrados pelo público.

É importante saber o que esperar de um determinado filme para não julgá-lo erroneamente. A franquia ‘Invocação do Mal’ se propõem a dar sustos e é só isso que podemos esperar. ‘A Bruxa’ se propôs a criar um ‘pesadelo cristão’ da era medieval e não a dar sustos idiotas. Aliás, dar sustos é algo tão fácil que quaisquer alunos do primeiro semestre de qualquer curso de Audiovisual já conseguem fazer. Se você é fã do gênero de terror, aprecie todos os filmes e evite de pagar o mico de dizer que é fã de terror e que odiou ‘A Bruxa’ porque não dá susto. A sétima arte é melhor do que isso! Aproveite-a mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

Hayden Christensen estará na série "Ahsoka", do Disney+. Ele pode voltar como Anakin ou Darth Vader em flashbacks ou como um fantasma da força, ou ainda tudo isso. Rosario Dawson interpreta a protagonista que dá o título da série

2

Ryan Gosling está em negociações para viver o Ken no live-action "Barbie". Longa será estrelado pela Margot Robbie e dirigido por Greta Gerwig (de "Lady Bird" e "Adoráveis Mulheres").

2

CEO da WarnerMedia Studios, Ann Sarnoff, sobre #Duna Parte Dois: “Se nós teremos uma sequência? Se você assistiu ao filme, eu acho que você sabe a resposta".

#Duna tem qualidade suficiente para agradar diferentes espectadores, porque é um filme lindo visualmente e super detalhado, bem cara do diretor Denis Villeneuve.

Temos um título! A sequência de "Homem-Aranha no Aranhaverso" recebeu o título "Homem-Aranha através do Aranhaverso", em tradução livre.