Ator do elenco principal de ‘Vai Que Cola’ vai sair do programa

O ator e humorista Paulo Gustavo vai sair do programa de humor ‘Vai Que Cola’, do canal Multishow.

paulo-gustavo-pipoca-de-pimentaCréditos: Divulgação

Ele será o quarto ator que deixa o programa, Fernando Caruso (‘Zorra’) que fazia o Seu Wilson e Emiliano D’Àvila (‘Avenida Brasil’), que interpretava Máicol, estavam no programa desde a primeira temporada, mas saíram no final da terceira. Marcelo Médici (‘Haja Coração’) que fazia Sanderson da Anunciação Prazeres, entrou na segunda temporada, mas também saiu no final da terceira.O personagem de Paulo Gustavo, Valdomiro, estava desde a primeira temporada no programa, fazendo parte do elenco principal.

Paulo Gustavo está com planos de escrever e atuar na nova comédia do Multishow, ‘A Vila’. O novo programa conta a história de um ex-palhaço, que após a falência do circo onde trabalhava, estaciona seu trailer em uma vizinha. O programa conta com 25 episódios e cada um deles vai ter um estilo de humor diferente.

‘A Vila’ já tem as atrizes Monique Alfradique (‘A Regra do Jogo’) e Teuda Bara (‘O Palhaço’) confirmadas no elenco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

Em matéria, o portal @Collider reafirma que #AndrewGarfield e #KirstenDunst voltarão em #SpiderManNoWayHome. #HomemAranhaSemVoltaParaCasa.

Para nossa tristeza, não será Tom Holland a dublar o Homem-Aranha Caçador de Zumbis em #WhatIF

Desligue o celular e vá assistir um filme!

"Clifford" foi adiado indefinidamente, devido a variante delta do #COVID19. Possivelmente outros grandes títulos sejam adiados também!

Tom Hanks se juntou ao elenco do próximo filme de Wes Anderson. Tilda Swinton, Adrian Brody, e Bill Murray (como, quase, sempre) também fazem parte do projeto. Lembrando que antes, veremos o trabalho de Anderson em "A Crônica Francesa" que estreia em outubro.

Depois da Netflix, é a vez da #Disney passar a exigir a vacinação contra o #COVID19 para todos os seus funcionários.