A distância entre o cinema americano e a indústria de games fica cada vez mais curta. Muitos atores que fizeram carreira no cinema já tiveram papéis importantes também no mundo dos games. Além disso, a tecnologia de ponta utilizada nos consoles de entretenimento tem feito com que os jogos se pareçam cada vez mais com a realidade, conseguindo até imitar emoções humanas em personagens digitais.

Se não bastassem esses fatores, com a decadência do cinema hollywoodiano principalmente na criatividade dos roteiristas, a indústria cinematográfica tem apelado em grandes produções baseadas em games consagrados resultando em grandes audiências, além de abusar do número de sequências nos filmes de maior bilheteria. Para ficar mais por dentro do assunto, relembre alguns filmes oriundos de games que tiveram alguma repercussão:

Street Fighter (1994)

Após o fiasco da primeira grande produção do cinema americano baseada em games Super Mario Bros. (1993), o diretor Steven E. de Souza teve sua chance ao filmar outro game clássico: Street Fighter – A Batalha Final. O elenco de poucos talentos como Jean Claude Van-Damme, Raul Julia e a cantora Kylie Minogue não inspira muita confiança, mas o filme é divertido, para não dizer hilário. Não espere ver cinema de qualidade, mas fãs do game que foi um sucesso no Brasil podem curtir.

Mortal Kombat (1995)

O diretor Paul W. S. Anderson é considerado o mais importante no gênero de filmes baseados em games. Em 1995, ele filmou seu primeiro grande sucesso e talvez o filme sobre game de maior repercussão até hoje: Mortal Kombat – O Filme. Todos os adolescentes da época vibraram com as cenas de luta coreografadas e a trilha sonora energizante do filme. Muitas brigas foram iniciadas nos colégios com as crianças tentando imitar os lutadores que batalhavam pela salvação da Terra. Mesmo tendo apenas Christopher Lambert como ator de expressão no elenco, o filme é fiel aos personagens do game e rendeu uma sequência dois anos depois.

Wing Commander (1999)

O filme do diretor Chris Roberts foi um fiasco de bilheteria, porém agradou uma parte dos fãs do game Wing Commander, considerando que Roberts também é o criador do jogo. O ator Freddie Prinze Jr. estava em evidência na época, mas não segurou bem o personagem principal. A imagem dos atores Malcom McDowell de Laranja Mecânica e Mark Hammil de Star Wars ficou muito forte na lembrança da maioria dos fãs do game. Ambos foram pioneiros como estrelas atuando em um jogo de vídeo-game, mas deram um show e abriram uma porta na profissão.

Final Fantasy (2001)

Um dos games mais jogados no mundo inteiro, Final Fantasy teve sua versão cinematográfica adaptada pelo diretor japonês Hironobu Sakaguchi. O filme tem um belo trabalho estético e uma boa trilha sonora feita por Elliot Goldenthal, apesar de ser meio lento e maçante. Com vozes de Alec Baldwin, Ving Rhames, Steve Buscemi, Donald Sutherland e James Woods, o filme agradou os fãs do jogo. O problema é reduzir uma experiência de 60 horas em apenas duas.

Tomb Raider (2001)

A adaptação do consagrado game Tomb Raider para o cinema gira em torno da atriz Angelina Jolie, escolhida para interpretar a maior musa da história dos games: Lara Croft. Angelina não deixou a desejar, em sua melhor forma física no ano de 2001, a atriz era o sex symbol da geração e provavelmente a única que poderia interpretar a forte personagem na época. O problema fica por conta da direção enfadonha de Simon West, especializado em televisão. O filme tem um roteiro minimamente interessante, boas locações e a atriz correta, mas ele nunca deslancha e tende a decepcionar os fãs da série, mesmo com a boa versão de Lara Croft.

Resident Evil (2002)

A série de filmes Resident Evil é a mais bem sucedida das adaptações de games para o cinema rendendo seis títulos. Após o sucesso de Mortal Kombat em 95, o diretor Paul W. S. Anderson voltou a emplacar com o primeiro filme Resident Evil: O Hóspede Maldito. Com trilha sonora de Marilyn Manson e Marco Beltrami, o primeiro filme da série talvez seja o único com alguma relevância para o cinema de ação/terror. Apesar de bagunçar com a história original do game e ainda não se parecer muito com o jogo, o filme conquistou o grande público e catapultou a atriz Milla Jovovich ao patamar de grande estrela.

Silent Hill (2006)

Provavelmente a adaptação cinematográfica mais fiel de um game até hoje, o filme Terror em Silent Hill é uma bela produção de terror do diretor Christophe Gans. Além de Sean Bean no elenco, o filme conta com a atriz Radha Mitchell no papel da protagonista Rose. A personagem reflete muito bem o ambiente pesado retratado e o filme é visualmente muito bem feito. Apesar da má cotação da crítica, o filme agradou o público e rendeu uma sequência seis anos depois.

Prince Of Persia (2010)

Dirigido por Mike Newell e com produção do exagerado Jerry Bruckheimer, Príncipe da Persia: As Areias do Tempo é baseado no jogo de mesmo nome de 2003. Com roteiro escrito pelo criador do game Jordan Mechner, o filme conta com Jake Gyllenhaal no papel do príncipe e com os atores Bem Kigsley e Alfred Molina. O filme foi visto com maus olhos no início, mas cativou o público que lotou as salas de cinema arrecadando mais de 300 milhões de dólares, a maior bilheteria de um único filme sobre game, até então. O longa ainda conta com a canção “I Remain”, de Alanis Morissette na trilha.

Need For Speed (2014)

A adaptação do lendário game de corrida Need for Speed foi dirigida por Scott Waugh e produzido pela DreamWorks. Com a estrela de Breaking Bad Aaron Paul como o piloto protagonista Tobey Marshall, o filme mostra o corredor tentando vingar a morte de seu amigo nas mãos de um piloto rival, um enredo que você não encontra nos jogos da série, porém o filme não poderia ser apenas sobre correr. O carisma do ator deu certo e rendeu à Touchstone Pictures mais de 200 milhões de dólares.

Warcraft (2016)

A última grande produção de Hollywood baseada em games foi lançada neste ano de 2016. Warcraft – O Primeiro Encontro de Dois Mundos, como diz no título é o primeiro filme de uma trilogia que irá se seguir pelos próximos anos. Essa tem sido a adaptação de games mais esperada dos últimos anos, primeiro pelo tamanho da produção e investimento, segundo por já ter demorado a sair após o primeiro anúncio e terceiro por se tratar de uma das séries de jogos mais bem sucedidas da indústria de games. Dirigido por Duncan Jones, o filme impressiona visualmente, mas não em termos de história. O longa é apressado e não consegue desenvolver completamente os personagens. O personagem principal Anduin Lothar é vivido por Travis Fimmel, destaque na série Vikings. O elenco conta ainda com Toby Kebbell, Paula Patton, Ben Foster, Dominic Cooper, Ben Schnetzer, Robert Kazinsky e Daniel Wu. Fãs do game devem adorar o filme e aguardar que a promessa da trilogia se confirme. Mas o mesmo não se pode dizer de quem é novo no universo de Warcraft.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

Nem assistimos "#LegoStarWars: Contos Aterrorizantes", mas já amamos as referências. #StarWars

De acordo com alguns vazamentos, a duração de #HomemAranhaSemVoltaParaCasa é de 2 horas e 37 minutos. #SpiderManNoWayHome

Apresentando... as #DCFanDome Fridays! Para te contar tudo sobre isso, trouxemos ele mesmo: Jim Lee 🙌