Existem barreiras que às vezes só o amor é capaz de ultrapassar, inclusive a luta pela vida em torno das enfermidades como o câncer, a leucemia, a deficiência física e a depressão. Venha conferir nosso artigo sobre os principais filmes a respeito do tema.

ESPECIAL “O AMOR NA SAÚDE E NA DOENÇA”

Geralmente, é certo especularmos o quanto é emocionante um filme que trate sobre doenças graves, ainda mais quando são tratados de forma romântica e emocional. Os especialistas de saúde defendem que trabalhar o lado emocional de uma pessoa doente, despertando-lhe a felicidade é uma forma de retardar a gravidade de sua situação e até mesmo lhe dando uma oportunidade de viver bem, não importando o quanto sua vida esteja cada vez mais curta.

Os filmes abaixo analisados, seguem linhas diferentes, alguns tratam a morte com desespero diante do risco da perda da pessoa amada, outros lidam com a disputa emocional em torno da morte ou até mesmo com a rivalidade diante da perda de um ente querido.

UM AMOR PRA RECORDAR

Um verdadeiro clássico adolescente e baseado na obra de Nicholas Sparks, o filme trata da história do popular Landon(Shane West) e da garota simples e comum Jamie(Mandy Moore), os quais diante da paixão recíproca acabam tendo que lidar com a descoberta de um câncer de Jamie o que leva Landon a entrar em desespero e, mesmo diante da dor, acaba tendo certas atitudes para trazer felicidade e paz à sua amada, inclusive um pedido de casamento.

um amor pra recordar

IRIS

Drama vivido pela famosa escritora Iris Murdoch(Judi Dench) que luta contra o mal de Alzheimer e precisa reconquistar a confiança e o amor do marido(Jim Broadbent) que mesmo diante de uma vida de traições da esposa ainda sente um amor profundo por ela.

IRIS

O AMOR PODE DAR CERTO

Estrelado por Amanda Peet e Dermot Mulroney, o filme conta a história de duas pessoas com câncer que acabam se aproximando e despertando uma paixão incontrolável. O que parece um conto de fadas acaba se tornando um pesadelo para os dois ao se colocarem diante da dura realidade da doença. O tocante do filme é o desejo incomum dos dois: morrer antes do outros para não ter que sentir a dor da perda de seu grande amor.

O Amor Pode dar Certo

LAÇOS DE TERNURA

Um drama que mais do problema entre mãe e filha do que entre marido e esposa. A personagem de Debra Winger é ousada e inquieta, mesmo após a descoberta do câncer, ainda tem desavenças com a mãe (Shirley Mcleane) e tem de lidar de forma cuidadosa com o se casamento conturbado com o pai dos seus filhos(Jeff Daniels), tudo isso em atenção ao futuro dos garotos quando o seu inevitável fim chegar.

LAÇOS DE TERNURA

A CULPA É DAS ESTRELAS

Outro cult, desta vez de John Green, e que também retrata o universo adolescente. Este filme se apresenta como filosófico, tornando-se uma produção desgastante aos olhos dos críticos, mas emocionante aos olhos do público jovem. O filme retrata o drama vivido por dois adolescentes com câncer terminal que desenvolvem um ideal para viverem suas vidas de forma intensa sem se importarem muito com suas enfermidades. Entra em jogo uma relação de interesses e últimos desejos o que faz com que acabem cada vez mais ligados um ao outro.

A CULPA É DAS ESTRELAS

UM AMOR VERDADEIRO

Um dos melhores filmes de Meryl Streep, este drama reúne um conjunto de excelentes atores diante do estado enfermo de sua personagem. Meryl precisa se reconciliar com a filha(Renee Zelweeger) e estabilizar seu casamento junto a seu marido (Willian Hurt).

um amor verdadeiro

AMOR

Ganhador do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de de 2012, o longa de Michael Hanake retrata o drama de um casal de idosos que tem de lidar com a paralisia cerebral sofrida pela personagem da extraordinária Emanuelle Riva, a qual acaba por desistir de querer viver. Muitas coisas entram em jogo, inclusive o desgaste emocional e, acima de tudo o amor sentido entre os dois cônjuges.

amor

UMA PROVA DE AMOR

Este talvez seja uma das produções mais inteligentes sobre o tema, uma vez que fala sobre os avanços da ciência, direitos do ser humano e, o mais importante, a relação amorosa e conturbada de uma família. O filme conta a história de Anna Fitzgerald(Abigail Breslein), a qual fora concebida em fertilização in vitro, para tentar salvar a irmã Kate(Sofia Vassilieva), vitima de leucemia promielocítica aguda. Anna, ao chegar na adolescência, se nega, contrariando a vontade de seus pais, a doar suas células para salvar sua irma, a qual entra em certo desespero ao tentar lidar com suas crises existenciais e novas etapas da vida, inclusive com o despertar da paixão.

uma-prova-de-amor_

AGORA E PARA SEMPRE

Seguindo quase que a mesma temática de “A Culpa é das Estrelas”, o filme conta a história de Tessa(Dakota Fanning) que, ao ser diagnosticada com leucemia, descobre que vai morrer e acaba por fazer uma lista de últimos desejos para se sentir “viva” apesar da situação. Adam(Jeremy Irvine) acaba se aproximando e se apaixonando por Tessa, tendo que enfrentar toda a situação difícil vivida pela garota, inclusive com a ideia da inevitável perda da mesma.

AGORA E PARA SEMPRE

COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ

Considerado o filme do momento, mesmo com criticas mistas, o longa em destaque fala da aproximação de uma jovem cuidadora(Emilia Clark) a um homem rico e amargo(Sam Claflin) que fica tetraplégico após um acidente. A forma com que os dois vão se conhecendo e despertando o interesse mútuo concluí-se em um desfecho curioso.

Como_Eu_Era_Antes_de_Voce

Independente do que a ficção apresenta, sabemos o quanto é sofrida a situação daqueles que padecem diante de uma enfermidade. Entretanto, situações como podem bater na nossa porta. Infelizmente, as vezes, tudo isso é necessário para entender a complexidade da vida e para valorizá-la da forma como ela precisa ser valorizada. Os filmes, bem como os livros e demais materiais que tratam do tema, ensinam o quanto é importante ser paciente, sábio e, acima de tudo, ter amor e compreensão diante de situações extremas que envolvem o fim trágico da vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

Chloé Zhao irá escrever e dirigir uma nova versão de "Drácula" para a Universal.

2

No @DisneyPlusBR, a série "Agents of SHIELD" foi movida para a sessão "Marvel Legacy", dando a entender que a série não faz mais parte do MCU.

Elizabeth Olsen estrelará minissérie "Love and Death", produzida por Nicole Kidman para a HBO Max, sobre a história real de uma mulher que matou sua colega de igreja com um machado no Texas.

2

Para celebrar o #StarWarsDay, chega amanhã ao Disney+ o curta animado "Maggie Simpson in The Force Awakens From Its Nap".

As filmagens de "Cavaleiro da Lua", do Marvel Studios, já estão acontecendo em Budapeste!