72 copy

Baseado no livro de Suzanne Collins “Jogos Vorazes: Em Chamas”, o filme de mesmo título chegou aos cinemas brasileiros uma semana antes dos cinemas norte-americanos. Que honra não? O longa foi precedido por “Jogos Vorazes”, que teve seu lançamento em 2012. O primeiro longa da série teve Gary Ross como diretor, e a produtora Lionsgate esperava que o mesmo pudesse dirigir a sequência, porém não foi o que aconteceu. A produtora quis que o longa chegasse às telonas em 2013, porém Ross não aceitou a proposta, exigindo mais tempo entre os dois primeiros filmes da série. “Jogos Vorazes: Em Chamas” ganhou as mãos de Francis Lawrence na direção.
Com Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson como protagonistas, o filme acaba de estrear e já dispara nas bilheterias. O longa baseado no livro de Suzanne Collins conta atores como Liam Hemsworth, Elizabeth Banks, Woody Harrelson e Stanley Tucci, todos já haviam nos presenteado com suas fantásticas atuações em “Jogos Vorazes”. Sam Claflin e Jena Malone entraram para o elenco para o segundo filme da série, e adicionam ainda mais talento na escalação de sucesso.
“Jogos Vorazes: Em Chamas” possui uma intensa crítica social, mais ainda que o primeiro filme da série. Os mais poderosos influenciando constantemente na vida dos mais pobres. O sentimento de esperança se tornando uma ameaça aos que governam.
A história de Suzanne Collins é recheada de críticas, tanto aos mais poderosos, quanto ao nosso próprio modo de olhar à vida que vivemos. A produção cinematográfica nos evidencia essas críticas e dão o toque que só o cinema pode dar às histórias baseadas em livros.
Frank Lawrence honrou muito bem o papel de diretor. A fotografia do longa é realmente espetacular, angustiante, melancólica e ao mesmo tempo agradável. O figurino nos remete à uma ideia futurista.
A produção do longa ficou por conta da produtora Lionsgate e a Paris Filmes realizou sua distribuição.
“Jogos Vorazes: Em Chamas” merece palmas estaladas, é um filme com uma história interessante, fictícia, porém muito realista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

"Clifford" foi adiado indefinidamente, devido a variante delta do #COVID19. Possivelmente outros grandes títulos sejam adiados também!

Tom Hanks se juntou ao elenco do próximo filme de Wes Anderson. Tilda Swinton, Adrian Brody, e Bill Murray (como, quase, sempre) também fazem parte do projeto. Lembrando que antes, veremos o trabalho de Anderson em "A Crônica Francesa" que estreia em outubro.

Depois da Netflix, é a vez da #Disney passar a exigir a vacinação contra o #COVID19 para todos os seus funcionários.

Taika Waititi está escrevendo o roteiro de uma nova versão de Flash Gordon para um longa.

2

Figuras em tamanho real em um cinema, revelam o visual de #Carnificina em #Venom2.
#VenomLetBeCarnage #Carnage

Novas imagens de #WhatIf foram divulgadas. Confira:

4