selma

Indicado às categorias de melhor filme e melhor canção no Oscar 2015, Selma é, em uma palavra, um filme real.
O longa-metragem é uma cinebiografia de Martin Luther King, então já premiado com o Nobel da Paz, com o foco na luta pelo direito de voto dos negros no Alabama – principalmente na cidade de Selma, onde os negros são maioria e, ainda assim, são ameaçados por uma minoria branca.
Seguindo pelo mesmo caminho de “12 Anos de Escravidão”, vencedor da principal categoria no Oscar 2014, “Selma” é um filme igualmente importante. O “background” da Marcha pelos Direitos Civis é explícito e, não somente isso, o filme nos traz ambos os lados da história: as opiniões dos políticos brancos e o sofrimento dos negros, junto da capacidade de mobilização de Martin Luther King. Cenas de violência e diálogos extremamente bem trabalhos trazem à tona a discussão da questão de raças.
A direção fica por conta de Ava DuVernay, que ficou de fora injustamente da categoria de melhor direção, e o elenco, com nomes como Oprah Winfrey, e Tim Roth, passa extrema autenticidade. David Oyelowo, responsável por interpretar Martin Luther King, o faz de maneira impecável – e também merecia a indicação de Melhor Ator.
“Selma” é uma cinebiografia que, felizmente, deu certo. E não apenas um filme para entender o processo de libertação e conquista dos direitos civis dos negros ou para conhecer a história de Luther King, ele é um filme que faz abrir os olhos – principalmente para as questões raciais ainda não resolvidas e como isso ainda atinge os negros.

Escrito por Júlia Miozzo
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não quer perder nenhuma notícia? Siga o nosso perfil no Twitter!

Hayden Christensen estará na série "Ahsoka", do Disney+. Ele pode voltar como Anakin ou Darth Vader em flashbacks ou como um fantasma da força, ou ainda tudo isso. Rosario Dawson interpreta a protagonista que dá o título da série

2

Ryan Gosling está em negociações para viver o Ken no live-action "Barbie". Longa será estrelado pela Margot Robbie e dirigido por Greta Gerwig (de "Lady Bird" e "Adoráveis Mulheres").

2

CEO da WarnerMedia Studios, Ann Sarnoff, sobre #Duna Parte Dois: “Se nós teremos uma sequência? Se você assistiu ao filme, eu acho que você sabe a resposta".

#Duna tem qualidade suficiente para agradar diferentes espectadores, porque é um filme lindo visualmente e super detalhado, bem cara do diretor Denis Villeneuve.

Temos um título! A sequência de "Homem-Aranha no Aranhaverso" recebeu o título "Homem-Aranha através do Aranhaverso", em tradução livre.